5. Voz

Sílvia Ferreira | Regina Machado

Quando ouço essa voz, penso:

Essa voz é minha?

Minha voz, alma gêmea do meu som.

E, pra nós, a canção é mais que um dom:

Desata os nós, 

Reúne a gente de todos os santos,

Reverencia os cantos

Essa voz que é como o sol caindo sobre o mar

Que é como navegar por sobre a água azul.

voz e violão | Regina Machado

violino | Cíntia Zanco

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

11. Du bist wie eine blume

Robert Schumann | Heinrich Hene

Du bist wie eine blume

So hold und schön und rein

Ich schau' dich an

Und wehmut

Schleicht mir ins herz hinein

Mir ist als ob ich die hände

Auf's haupt dir legen sollt

Betend dass gott dich erhalte

So rein und schön und hold

voz | Regina Machado

violão | Ítalo Perón

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

Você é como uma flor

Tão singela, bela e pura

Eu te contemplo

E uma melancolia entra sorrateiramente em meu coração

E sinto como se não devesse colocar as mãos sobre sua cabeça

Rezando para que Deus a mantenha assim bela e singela

 
 
 
 
 
 
 
REGINA
MACHADO

Trabalho de sonoridade camerística, Sobre a Paixão foi concebido com a ideia de mesclar a música popular com a erudita. Para dar corpo ao desejo da artista, o arranjador e produtor Mário Manga optou por uma instrumentação erudita, formada por um quarteto de cordas, percussão e violão. Alinhavou, assim, a linguagem dos arranjos com a música popular. Na adequação de voz, Regina buscou uma tonalidade mais grave, sem abusar do recurso do vibrato.
Com esse intuito, o álbum traz para o universo popular quatro canções que foram rearranjadas: Oh, lua que estás tão clara [de Guerra Peixe e Guilherme Neves], os dois temas de Schumann cantados em alemão [Ich will meine Seele tauchen e Du bist wie eine Blume] e a música Del cabello más sutil, de Fernando Obradors, compositor espanhol do começo do século XX.
Ao planejar o disco, outra preocupação de Regina foi abrir espaço para seu trabalho de compositora: escolheu cinco músicas próprias, sendo três em parceria com Sílvia Ferreira [Voz, Além do mar e Sobre a paixão]. O repertório inclui, ainda, Este amor¸ de Caetano Veloso; e Uma menina, de Chico Buarque, que foram salpicadas com toques eruditos para compor a unidade do CD.
Com fotos e projeto gráfico de Gal Oppido e desenvolvimento gráfico de Helenice Diamenta, o CD [concepção de Regina Machado, Sílvia Ferreira e Mário Manga] foi gravado no Digital Estúdio, com produção de Mário Manga e Regina Machado.
Participaram do disco os músicos Ítalo Peron [violões], Cíntia Zanco [violino], André Lucas [violino], Nelson Rios [violino], Graziela Rodrigues [violino], Roberta Marcinkovsky [viola], Adriana Schincariol [viola], Mayra Moraes [violino], Regina Vasconcellos [cello] e Adriano Busco [percussão].

Sobre a Paixão teve ótima receptividade da crítica, inclusive no exterior.

Monica Salmaso, Regina Machado e Ná Ozzetti.

Lançamento do disco Sobre a Paixão. Teatro Crowne Plaza, São Paulo.

1. Oh Lua Que Estás Tão Clara

César Guerra Peixe | Guilherme Neves

Oh Lua que estás tão clara, clareai aonde eu estou

Ajudai a procurar meu amor que me deixou

Ajudai a procurar meu amor que me deixou

voz | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Roberta Marcinkowsky

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

2. Cântico

Regina Machado

 

A voz doce, dourada, doce água
Cachoeira, cascata, corredeira,
Doce mãe dos rios.
Doce mãe morena dessa gente loura, ruiva, parda
Senhora dona da voz
Mãe das águas doces
Mãe da água
Doce mãe das águas
Doce mãe

voz | Regina Machado

violões | Ítalo Perón

percussão | Adriano Busco

arranjo | Mário Manga

3. Ich Will Meine Seele Tauchen

Robert Schumann | Heinrich Heine

Ich will meine seele tauchen
In den kelch der lilie hinein,
Die lilie soll klingend hauchen
Ein lied von der liebsten mein.

Das lied soll schauern und beben
Wie der kuss von ihrem Mund',
Den sie mir einst gegeben
In wunderbar süsser Stund

Eu vou mergulhar a minha alma

No cálice do lírio

Que irá tocar suavemente

A canção da minha amada

A canção faz estremecer

Como o beijo

Que uma vez, em um doce momento,

Sua boca me deu

voz | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Roberta Marcinkowsky

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

4. São Paulo

Regina Machado

O som que a cidade fala,

O som que a cidade inventa,

O som que à cidade alenta

Acalanta o meu lamento.

É São Paulo barulhento

É que o santo é bom de briga

Tece seu manto cinzento com o véu da nossa neblina

Esse clima assim urbano,

Europeu, meio baiano que seduz em pensamento

Faz a paixão brotar transitando em pleno ar 

E um desejo perpassa a pele

Rompe essa carne nua

Atravessa tantas camadas

Até vai bater na lua

Que ilumina essa cidade,

Que inventa a sensação

E o som que a cidade canta alenta meu coração

O som que a cidade inventa aumenta meu coração.

voz | Regina Machado

primeiro violino | Nelson Rios

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Adriana Schincariol

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

Caetano Veloso

Se alguém pudesse ser sybonei
Boiando à flor do sol
Se alguém, seu arquipélago, seu rei,
Seu golfo e seu farol
Captasse a cor das cores da razão do sal da vida
Talvez chegasse a ler o que este amor tem como lei


Se alguém, judeu, iorubá, nissei, bundo, rei na diáspora
Abrisse as suas asas sobre o mundo sem ter nem precisar
E o mundo abrisse já, por sua vez, asas e pétalas
Não é bem, talvez, em flor que se desvela o que este amor


Tua boca brilhando, boca de mulher, nem mel, nem mentira,
O que ela me fez sofrer, o que ela me deu de prazer,
O que de mim ninguém tira
Carne da palavra, carne do silêncio,
Minha paz e minha ira
Boca, tua boca, boca, tua boca, cala minha boca

Se alguém, cantasse mais do que ninguém,
Do que o silêncio e o grito
Mais íntimo e remoto, perto além
Mais feio e mais bonito
Se alguém pudesse erguer o seu Gil Gal em Bethânia
Que anjo exterminador tem como guia o deste amor?


Se alguém, nalgum bolero, nalgum som
Perdesse a máscara
E achasse verdadeiro e muito bom
O que não passará
Dindinha lua brilharia mais no céu da ilha
E a luz da maravilha
E a luz do amor
Sobre este amor

voz e violão | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Roberta Marcinkowsky

cello | Regina de Vasconcellos

percussão | Adriano Busco

arranjo | Mário Manga

6. Este Amor
7. Del cabello más sutil

Fernando Obradors

Del cabello más sutil

Que tienes en tu trenzado

He de hacer una cadena

Para traerte a mi lado

Una alcarraza en tu casa

Chiquilla, quisiera ser,

Para besarte en la boca

Quando fueras a beber.

voz | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Roberta Marcinkowsky

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

8. Além do Amar

Sílvia Ferreira | Regina Machado

Por sob o fio solta a boca nua

Lança canção, pára no ar,

Paira sob a luz desse amor,

Desse amor.

E o coração onde encontraria desejo e dor

Se não no som que envolve a solidão?

Ah! Te procurar dentro de mim,

Transportar a visão além de nós,

Além do mar do amor.

voz | Regina Machado

primeiro violino | André Lucas

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Adriana Schincariol

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga

9. sobre a paixão

Sílvia Ferreira | Regina Machado

Quem sabe ficar horas a fio fitando teu mar, tuas luzes

E sentir pelo ar o calor das paixões que pintam tem céu como estrelas...

- Serão estrelas cadentes?

Quem sabe ficar anos assim tocando teu ar, o teu sonho,

Quem sabe na espera do mar avançar raptando esse amor e, depois,

Quem sabe não se acaba?

voz | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Roberta Marcinkowsky

cello | Regina de Vasconcellos

percussão | Adriano Busco

arranjo | Mário Manga

10. uma menina

Chico Buarque

Uma menina igual a mil que não está nem aí

Tivesse a vida pra escolher e era talvez ser distraída

O que ela mais queria ser

Ah! Se eu pudesse não cantar esta absurda melodia

Pra uma menina distraída, uma menina igual a mil

Do Morro do Tuiuti

Uma menina igual a mil que não está nem aí

Tivesse a vida pra escolher e era talvez ser distraída

O que ela mais queria ser

Ah! Se eu pudesse não cantar esta absurda melodia

Pra uma criança assim caída,

Uma menina do Brasil que não está nem aí,

Uma menina igual a mil do Morro do Tuiuti.

voz | Regina Machado

primeiro violino | Mayra Moraes

segundo violino | Cíntia Zanco

viola | Adriana Schinacariol

cello | Regina de Vasconcellos

arranjo | Mário Manga